A Fundação Mozilla anunciou um salto na popularidade de seu navegador Firefox, concorrente direto do Internet Explorer, da Microsoft. O navegador acaba de ultrapassar a marca de 400 milhões de downloads, fato noticiado pelos sites Ars Technica e BetaNews. Há dois aspectos por trás do número. O primeiro, negativo, diz que os downloads não significam necessariamente que o software foi instalado. Por outro lado, usuários da plataforma Linux que baixam o Firefox de outros servidores fora da Mozilla não entram na soma, o que traria equilíbrio à estatística. Recentemente a fundação estimou que aproximadamente metade dos usuários que baixam o Firefox nunca faz sua instalação, e metade dos que instalam não se torna usuário permanente. Há menos de dois anos, os desenvolvedores do software comemoravam a marca de 100 milhões downloads. Em julho de 2006, chegou-se ao nível de 200 milhões. A Fundação Mozilla agora trabalha no lançamento do Firefox 3, após lançar a segunda versão do aplicativo em outubro de 2006. O primeiro beta do Firefox 3 deve chegar até o fim do ano. Segundo a fundação, a Eslovênia é o país onde o Firefox é mais utilizado, com aproximadamente 50% do mercado. Em pouco tempo, pode se tornar o primeiro país onde o uso do Internet Explorer seja ultrapassado.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial