Estar sempre online e trabalhar com a sabedoria popular são boas práticas de anúncios, diz o Google.

As dicas foram dadas por Alexandre Hohagen, presidente do Google no Brasil, durante sua palestra no Seminário INFO sobre Marketing de Busca, em São Paulo, que reúne especialistas em SEO e SEM e profissionais de marketing das grandes empresas.

Hohagen citou em sua apresentação alguns casos de companhias, como Dell, Fiat e Schincariol, que usam as ferramentas busca na divulgação de suas marcas. "A Dell mudou totalmente sua forma de fazer publicidade depois de colocar todas as palavras que se relacionavam aos seus produtos nos links patrocinados", afirma Hohagen.

Segundo ele, é importante que as empresas percebam que o comportamento dos usuários online reflete as suas atitudes no mundo offline. Isso vale para eventos sazonais, como é o caso da procura por peixes na época da Páscoa ou mesmo por personagens que nascem de um dia para o outro, como o aumento na procura pelo termo "Rafinha", o vencedor da etapa 2008 do Big Brother Brasil, que ocorreu no início do ano.

Outra prioridade é a produção de vídeo. Hohagen lembra que há uma grande migração hoje da audiência de outras mídias para vídeos de consumo rápido, como os que circulam no YouTube. "Há trabalhos como um vídeo da marca Dove que mostra a transformação de uma mulher e já foi visitado mais de 61 milhões de vezes", diz.

A interatividade com o público-alvo é outra boa prática apresentada pelo Google. Criar ações online que permitam a intervenção do cliente é uma forma de chamar a atenção, além de obter um conhecimento instantâneo e gratuito de quem compra o produto. "A Mastercard criou no YouTube uma campanha para que as pessoas fizessem vídeos falando o que para elas não tinha preço", afirma.

Google fará treinamento para Adwords

Hohagen também anunciou que a empresa acaba de fechar parceria com uma empresa de treinamento para dar cursos presenciais de Adwords no Brasil. Eles serão ministrados no recém-inaugurado centro de estudos e desenvolvimento da empresa. "Os cursos já estarão disponíveis nas próximas semanas nos níveis básico, intermediário e avançado", diz.

Matéria publicada na Info Online.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial