O presidente da Google, Eric Schmidt, voltou a dizer que se preocupa com uma possível união entre Microsoft e Yahoo, "por causa do histórico da Microsoft e porque os ativos do Yahoo são muito valiosos". "Achamos que, nas mãos erradas, eles podem ser usados da maneira errada", disse, observando que a Microsoft tem um "longo histórico" de alegações antitruste. A proposta da Microsoft foi recusada, e agora a empresa estuda a próxima abordagem a ser feita.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial