O Google espera lançar novos produtos para seu portal de vídeo YouTube nos próximos meses. A empresa também informou, por meio de seu presidente-executivo, Eric Schmidt, que vê motivos para cooperação mais estreita com o Yahoo!.

No último sábado, a fabricante de softwares Microsoft desistiu de levar adiante as negociações para comprar o Yahoo! por não chegar a um acordo sobre o preço. A Microsoft ofereceu, em 31 de janeiro, US$ 31 por ação da empresa. A companhia, porém, pediu pelo menos US$ 35 por cada um de seus títulos.

Na assembléia anual dos acionistas do Google, o co-fundador Sergey Brin também afirmou que o YouTube e a DoubleClick, uma empresa de publicidade on-line que o gigante das buscas adquiriu no início de 2008, ainda são pequenos negócios

Já Schmidt declarou que pretende transformar o site de vídeo em fonte de lucro.

"Os meninos cresceram", disse Schmidt em entrevista coletiva antes da assembléia anual de acionistas, referindo-se aos fundadores Larry Page, 35, e Sergey Brin, 34.

Contratado em 2001 a fim de oferecer experiência convencional e madura de negócios à companhia, Schmidt afirmou que "agora, eles funcionam na empresa como executivos de primeiro escalão, com capacidade e experiência".

"De fato, eles na verdade estão dirigindo as empresas que fundaram na escala e com as percepções que você esperaria de pessoas que já não são jovens fundadores, e sim líderes maduros de negócios", definiu.

Brin e Page estavam nas posições 32 e 33 na lista de bilionários da revista "Forbes" em 2008, respectivamente, com mais de 18 bilhões de dólares de patrimônio cada um.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial