O site Yahoo! queria chegar a um acordo com a Microsoft - que no sábado retirou sua oferta de compra pela empresa - e segue disposto a discutir novas propostas, afirmou nesta segunda-feira seu presidente, Jerry Yang, que no próximo dia 3 de julho deverá defender sua estratégia na assembléia de acionistas.

"Nunca dissemos que havia um preço para pegar ou largar...", disse Yang ao jornal Financial Times.

"Estávamos completamente dispostos a fechar negócio", destacou.

No sábado passado, a Microsoft retirou sua oferta pela Yahoo!, que a considerava muito baixa.

A Microsoft - que tentou o negócio por três meses - ofereceu 33 dólares por ação, mas os diretores da Yahoo! queriam 37 dólares.

Perguntado pelo jornal Financial Times sobre o que faria o Yahoo! diante de uma nova oferta, Yang respondeu: "Estamos abertos a todas as alternativas".

Yang corre o risco de ser duramente criticado na assembléia de acionistas, já que muitos criticaram sua decisão de rejeitar o negócio e destacaram que aceitariam até 34 ou 35 dólares por ação.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial